23 de maio de 2018

Dicas: roteiros do que ver e fazer em Foz do Iguaçu/PR

Dando um tempo nas longas caminhadas, dessa vez fiz uma trip tipicamente turística no meu estado natal e com direito a revisitar lugares que já conhecia de muitos anos atrás. 
Na década de 80 fui com meu irmão por 3x a Foz do Iguaçu, com o objetivo de somente fazer compras no Paraguai e na Argentina e voltar de lá com muitas mercadorias, as chamadas “muambas”. Naquela época valia a pena esse comércio de importados e os que faziam sucesso eram os tênis chineses Faroat, calças Fiorucci, videocassetes, tvs portáteis, toca fitas Roadstar e bebidas. Muitos eram verdadeiras imitações fabricadas aqui mesmo no Brasil e vendidas no Paraguai como se fossem importados. 

Lembro que a viagem era bem cansativa e o único ponto turístico que visitávamos eram as Cataratas do Iguaçu. 
A Usina de Itaipu ainda não dispunha de um roteiro turístico e com exceção das Cataratas, a cidade não tinha muito do que aproveitar.
Mas dessa vez retornava para ficar 5 dias na cidade e conhecer muitos outros pontos turísticos e é claro, fazer compras no Paraguai também. 
E para manter o objetivo do blog, que é o de ajudar outras pessoas que pretendem repetir essa viagem, criei essa postagem. São várias dicas e informações úteis do que conhecer e aproveitar dos pontos turísticos nessa cidade, além das opções de boas compras no Paraguai e como evitar algumas "roubadas".


Foto acima: Cataratas do do Rio Iguaçu pelo lado brasileiro com Garganta do Diabo ao fundo


Fotos dos lugares onde visitamos: clique aqui

Vídeo das danças típicas que gravei no Marco das 3 Fronteiras: clique aqui




Nosso roteiro foi:

1º dia - Sábado: Chegamos no Hotel por volta das 13:00 hrs e depois de almoçar, seguimos para o Marco das 3 Fronteiras no final da tarde.
2º dia - Domingo: Pela manhã visitamos o Templo Budista e durante a tarde seguimos para o Parque das Aves e as Cataratas do Parque Nacional do Iguaçu pelo lado brasileiro.
3º dia - Segunda: Pela manhã fomos conhecer a Mesquita Muçulmana, seguindo de lá para compras em Ciudad del Este, no Paraguai. E a tarde ainda deu para visitar o Duty Free e o Cassino de Puerto Iguazu, na Argentina.
4º dia - Terça: Pela manhã seguimos para mais compras no Paraguai e a tarde visita à Usina de Itaipu.
5º dia - Quarta: Aproveitamos a piscina do Hotel pela manhã e a tarde retorno para São Paulo.


Décadas atrás, quando se falava em Foz do Iguaçu a primeira coisa que vinha à cabeça eram as Cataratas e compras no Paraguai. 
Em Ciudad Del Este o comercio de importados era próspero e muita gente vivia disso. Eram considerados “muambeiros”, comprando mercadorias que muitas vezes eram falsificadas e revendendo aqui no Brasil. 
Mas atualmente isso mudou. O Paraguai deixou de ser o paraíso das falsificações e agora é possível encontrar uma infinidade de eletrônicos, cosméticos, perfumes, bebidas; todos originais e com ótimos preços. Claro, sabendo procurar e comprando em lojas de confiança.
As cataratas continuam maravilhosas e a infraestrutura do Parque do Iguaçu melhorou muito em relação ao que eu vi na década de 80. Outros pontos turísticos como Itaipu agora podem ser visitados, com roteiros pela parte interna ou externa da Usina, passeio pelo lago, museu, entre outros passeios.
Isso sem contar o fato que você estará ao lado da fronteira com a Argentina e o Paraguai, onde se pode fazer um tour internacional por outras inúmeras opções.
A segurança também é elogiável e nos deslocamentos por Foz do Iguaçu a pé, que fiz a noite, para jantar em restaurantes não tive nenhum problema.

Abaixo dividi as dicas e as impressões que tive em vários subtítulos, colocando o máximo de informação possível e para os que querem gastar pouco, como chegar a vários pontos turísticos de ônibus circular, incluindo várias dicas de compras no Paraguai
  • Quando ir e o que levar;
  • Quantos dias ficar;
  • Quais documentos levar;
  • Que moeda levar;
  • Hospedagem;
  • Alimentação;
  • Logística e
  • Passeios.