11 de junho de 2018

Dicas: Parque Estadual do Juquery – Franco da Rocha/SP

Há muitos anos vinha tentando conhecer esse parque, mas sempre faltava uma oportunidade. 
Quando o fim de semana era de Sol e não tinha nenhum compromisso, preferia pegar o trem para Mogi das Cruzes e de lá seguir para as cachoeiras da Serra do Mar de Biritiba Mirim, nesses diversos relatos.
Outras opções eram chegar no topo do Pico do Jaraguá ou caminhar nos diversos Núcleos do Parque da Cantareira (são 4 ao todo), mas que estavam se tornando repetitivos.
Região de Paranapiacaba era um lugar bom também, mas não estava a fim de ficar correndo dos fiscais que ameaçam pessoas com multas para quem não faz as trilhas com acompanhamento de guias.
E agora com as temperaturas mais baixas, tinha que deixar de lado as cachoeiras e procurar novas opções de caminhadas próximos a Sampa e com com acesso fácil.
E o Parque do Juquery caiu como uma luva. O lugar é relativamente novo, com acesso fácil por trem e ônibus circular e o mais importante; era inédito para mim. E por ser um dos últimos resquícios de cerrado na região metropolitana, seria uma forma de curtir um Domingo de Sol com visual panorâmico em algumas trilhas do parque. 



Na foto acima, Morro Ovo de Pata ao fundo, considerado o ponto mais alto do Parque

Fotos dessa caminhada: clique aqui

Tracklog da trilha Ovo de Pata: clique aqui



Alguns meses depois dessa caminhada, voltei ao parque e fiz outras várias trilhas.
Tracklog: clique aqui




- O lugar se transformou em parque a poucos anos. Foi criado em 1993 com objetivo de preservar importantes áreas que ainda restam de vegetação nativa da mata atlântica e dos mananciais do Sistema Cantareira, principalmente o último remanescente do bioma cerrado, ainda preservado na região metropolitana.