30 de janeiro de 2009

Dicas: Pedra Grande - Atibaia/SP - Um dia qualquer

Para dar uma desenferrujada e como não tinha nada a fazer em 1 dia de semana qualquer de e estando de folga, resolvi voltar à Pedra Grande, mas dessa vez para fazer a trilha que se inicia dentro do Condomínio Arco Iris, deixando o carro perto do Campo de Pouso da cidade.
A trilha é bem demarcada e existem 3 opções.
Fiquei no topo até o pôr do Sol, por volta das 20:00 hrs e desci a trilha já de noite.
Em 2003 tinha estado lá no topo, mas tinha vindo de moto passando por dentro da cidade de Bom Jesus dos Perdões - fotos: clique aqui

Foto acima chegando na Pedra Grande pela trilha e o topo do Pico do Cocoruto ao fundo


Algumas fotos dessa subida e do pôr do Sol no topo da Pedra: clique aqui

Tracklog para GPS dessa caminhada: clique aqui

Abaixo segue algumas dicas e informações sobre o lugar (Atualizado Julho/2020)



Pedra Grande
A Pedra Grande é um enorme monolito que se localiza em Atibaia a cerca de 65 Km de Sampa.
Sua altitude é de + - 1450 metros e é um local perfeito para a prática de voo livre (paraglider ou parapente e asa delta) já que os ventos, ao bater no paredão voltado para a cidade, formam uma forte corrente ascendente, além de ter uma enorme ampa natural para decolagem.
Do alto da Pedra e seguindo por uma trilha bem demarcada por uns 5 minutos se chega ao topo do Pico do Cocoruto (altitude de + - 1490 metros e ponto culminante da Serra de Itapetininga), onde se permite ter uma visão de 360 graus de toda a região.
Nos dias de Domingo, é possível fazer voo duplo com um instrutor. 
Para acessar o topo da Pedra Grande são 3 opções, sendo que uma delas é por uma trilha (pela trilha são 3 opções também).

Para quem vai de carro:
Topo do Pico do Cocoruto
1ª opção – Pela Rodovia D. Pedro I
Vindo pela Fernão Dias (sentido SP-MG), depois de passar aquele enorme Hotel Spa Bourbon, que aparece à esquerda da Rodovia, + - no Km 37, pegue a saída 36A, que segue para a Rodovia D. Pedro I, sentido Piracaia e Jacareí e siga por ela por + -  8 Km. Ao longo da Rodovia surgem placas sinalizando o acesso a Pedra Grande.
No Km 65 tem uma saída da Rodovia que leva até a Pedra Grande, à direita. Depois é só seguir as placas indicativas. Esse trecho segue por estradas de terra, passando ao lado de um haras. São cerca de 11 Km até o topo da Pedra Grande.
O trecho final é o mais difícil, já que é muito íngreme e carros com tração dianteira podem passar sufoco.
Pouco antes de iniciar a íngreme subida do trecho final, existe uma bica de água à esquerda da estrada (é o único ponto de água próximo). Ela escorre por baixo de uma enorme pedra.
Chuva chegando
2ª opção – Bairro do Portão
Vindo pelo Fernão Dias, sentido SP-MG, saia no Km 50, que dá acesso ao Bairro do Portão.
Ali é só pegar a Estrada do Condomínio Clube da Montanha (é bem fácil encontrar) e ao chegar na entrada do Condomínio é só pegar a saída para a esquerda. 
Essa opção passa ao lado da Fonte de Água Mineral Atibaia.
Se tiver qualquer dúvida é só perguntar.
Desde a saída da Fernão Dias até o topo são + - 17 Km.
Paraglider
3ª opção: Pelas trilhas
O desnível da caminhada é de + - 700 metros.
São 3 trilhas bem demarcadas, tendo no máximo 3 Km de extensão com nível fácil de caminhada e aproximadamente 2 hrs de subida, sem pressa.
- Trilha da Minha Deusa (aprox. 2,5km);
- Trilha da Mangueira (aprox. 2,9km);
- Trilha dos Monges (aprox. 2,7km) - evite essa trilha, pois pessoas que fizeram ela recentemente encontraram vários trechos tomado pela vegetação. 
Siga pela Minha Deusa ou pela Mangueira.
Início das 3 trilhas
Acesso para quem vai de carro até o início dessas 3 trilhas: 
As 3 trilhas se iniciam no mesmo ponto; dentro do Condomínio Arco Iris, localizado no Bairro de mesmo nome.
A entrada desse Condomínio fica próximo à pista de Pouso de Voo Livre. 
Assim que chegar em frente a Pista de Pouso, continue pela mesma avenida até a portaria de entrada do Condomínio. 
Lá é só passar pela Portaria e seguir por dentro dele (existem algumas bifurcações pelas ruas do condomínio, mas sem maiores problemas). 
É possível deixar o carro dentro do Condomínio e próximo ao início da trilha.
Início das trilhas: clique aqui
Nascente pela trilha 
Para se chegar à Pista de Pouso, faça o seguinte: saia da Rodovia Fernão Dias no Km 44 (junto ao Restaurante Frango Assado).
Dali é só seguir as placas indicativas do Campo de Pouso de Voo Livre.
Acesso: clique aqui.
A pior trilha e a mais bonita (pena que está tomada pelo mato e muito complicada de se fazer), sem dúvida nenhuma é a dos Monges, por ser muito íngreme e escorregadia, além de ser bastante técnica.
Pouco metros depois do início dela, a trilha passa ao lado da Gruta São José, onde existe água em abundância e um local com alguns bancos para descansar.
Já a Minha Deusa e Mangueira são trilhas muito expostas (se tiver muito Sol, você sofre muito). Se for subir a Pedra, inicie bem de manhãzinha, para evitar o Sol quente.
Trilha demarcada
Na metade da subida da Trilha dos Monges, as 3 trilhas vão se juntar e para encontrar água é só retornar pela Trilha Minha Deusa e Mangueira uns 50 metros, onde existe um pequeno riacho com água (segundo relatos recentes, essa água tá poluída).
A partir do ponto onde as 3 trilhas se juntam, começam a aparecer enormes erosões na trilha e ela se torna perigosa em alguns trechos, por ser muito escorregadia. 
Em quase toda a subida, existem mirantes ao longo da trilha e a cidade de Atibaia é vista a todo o momento lá embaixo.

Para quem vai de ônibus:
No Terminal Rodoviário do Tietê, saem ônibus regulares pela Viação Atibaia, com valor de $21 (Julho/2020).
Descendo na Rodoviária é só se embarcar no circular
- Linha 08 - Maristela I & II, que passa próximo da Pista de Pouso. 
Outra opção é embarcar no Terminal Portão, localizado próximo ao Km 50 da Fernão Dias: clique aqui.
São 2 linhas de ônibus circular que saem desse Terminal e passam ao lado da Pista de Pouso: 
- Linha 55 - SAAE e 
- Linha 105 - Água Espraiada
Veja nesse link os horários dos ônibus circular: clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário